O MITO DE CASSANDRA E A TENDÊNCIA DE SILENCIAR AS MULHERES – Fil Felix

Não é difícil perceber, quando lemos matérias envolvendo assédio sexual, racismo, homofobia e tantos outros crimes contra determinados grupos da sociedade, que já possui um histórico e uma tendência em diminuir a vítima e colocá-la, na realidade, num papel de culpada. Quando uma mulher comenta que sofreu assédio, raramente se questiona as atitudes do assediador,... Continuar Lendo →

Anúncios

MORTE AO REDONETA! – Madame Cat

O momento em que vivemos foi traduzido por um amigo com uma frase: “Tudo que está acontecendo aí é totalmente compreensível, já que se a Terra fosse redonda não seria definida como planeta e sim redoneta”.  Não sei se é de sua autoria ou pescada no ar como um peixe virtual, o importante é a... Continuar Lendo →

O MOSAICO RUTILANTE – Eduardo Selga

A prosa de Hilda Hilst (1930/2004) não é daquelas fáceis de serem assimiladas, pois caracteriza-se pelo uso largo de recursos estéticos que atuam de modo a criar ambiências diversas no texto e certa esquizofrenia de vozes no interior da narração, cujo intento é produzir sentidos que dificilmente aconteceriam se a autora seguisse o comum da... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora